ALMAS ESPECIAIS

Cadastre-se e receba novidades por email

Ocorreu um erro neste gadget

DIVULGUEM - Associação Mineira de Hipertensão Pulmonar

09 setembro 2011

QUANTOS ANOS TÊM A SUA IDADE EMOCIONAL?

É isto mesmo, alguma vez você parou para pensar na sua idade emocional? Se a resposta for não, comece agora e verá o quanto vale a pena remoçar nossas emoções.


Envelhecemos no único lugar que deveria ser conservado continuamente jovem, a emoção. Entretanto, a tendência natural da emoção humana da meninice à velhice é uma escala ascendente de entristecimento. A criança é mais alegre que o adolescente, que é mais alegre que o adulto, que é mais alegre que o idoso. Por isso as doenças emocionais atingem mais a terceira idade e menos as crianças. Mas infelizmente já existem crianças emocionalmentes anciãs.

Olhe para a sua experiência. Você é mais alegre hoje ou no passado? É mais simples atualmente ou quando era uma criança? Consegue sorrir com facilidade por pequenas coisas como sorria na sua infância? Seus sonhos aumentaram ou diminuíram? O que tem valor em sua vida?


Cada ser humano é um mundo de mistérios. Nunca pense que você é um ser comum e sem importância. Há mais mistérios no cerne de sua alma humana do que no universo. O ser humano é mais do que já se disse sobre ele.

A emoção influencia todos os campos da razão, mas elas não devem escravizá-lo. Quem é governado pela razão é calculista, insensível, quem é governado pela emoção é hipersensível. As duas situações adoecem a alma humana.

Logos e Eros são dimensões densas e dinâmicas do ser humano. Logos é racionalidade, pensamento, ele planeja, calcula,avalia. Já Eros é afetividade, emoção e amor. Logos contabiliza gastos e Eros reparte até os últimos grãos.

Logos e Eros são dimensões diferentes, mas integrantes. A atitude conjuntiva associa Logos e Eros, inteligência e sentimento, ciência e prazer. A partir daí, o dialogo adquire maior expressão e amplitude. Não dá para ser feliz sendo apenas Logos ou sendo apenas Eros.

A emoção é um campo de energia em contínuo estado e transformação. Produzimos centenas de emoções diárias.

Não é possível para a natureza humana ter uma emoção continuamente prazerosa. O que um dia nos deixa emocionalmente satisfeitos, no outro já não causa nenhum efeito. O que acontece então? Acontece à chamada psicoadaptação, nós acostumamos às situações, por isso é tão importante o exercício de ver as mesmas coisas com olhos diferentes. Isto quer dizer, conseguir ver a beleza, valores, qualidades em uma mesma coisa, objeto, pessoa de forma continua, todos os dias. Admira-la como se fosse à primeira vez. Difícil? Sim, mas não é impossível, porém exige disciplina.

O envelhecimento precoce da emoção começa à medida que nós nos entulhamos com inumeráveis experiências angustiantes. Sofremos por antecedência, imaginando como seria se tal coisa acontecesse. E isto interfere em nossa saúde psíquica.

Algumas dicas para que você comece agora a cuidar das suas emoções:

Primeiro: Contemple o belo nos pequenos eventos da vida.
Tenha sempre atividades fora da sua agenda pelo menos uma vez por semana. Valorize aquilo que o dinheiro não compra. Não viva em função de grandes eventos, aprenda a extrair o prazer dos pequenos estímulos da rotina diária.
Segundo: Irrigue o palco da mente com pensamentos agradáveis.
Treine trazer diariamente à sua memória aquilo que lhe traz esperança, serenidade e encanto pela vida. Pense em conquistar pessoas e em superar seus obstáculos. Pense em ser íntimo do Autor da vida e conhecer os mistérios da existência. Cuide do seu espiritual.
Seus maiores inimigos estão dentro de você. Não se deixe derrotar ou se perturbar por pensamentos que lhe roubam a tranqüilidade e o prazer de viver. Treine ver o lado positivo de todas as coisas negativas.
Terceiro: Pense como um adulto e sinta como uma criança.
Treine pensar com lucidez, serenidade e consciência, mas tenha a simplicidade e a espontaneidade de uma criança. Treine ser uma pessoa agradável em sua empresa ou família. Cumprimente todas as pessoas do ambiente, aperte suas mãos e sorria. Uma pessoa é mais jovem emocionalmente quanto mais agradável ela for.
Quarto: Não faça o velório antes do tempo, não sofra por antecipação.
Pense nos problemas e nas situações que ainda não aconteceram o suficiente para planejar determinadas atitudes, mas jamais gravite em torno deles. Os que sofrem por antecipação treinam para ser infelizes, fazem de suas vidas um canteiro de preocupações e stress.
Quinto: Proteja sua emoção nos focos de tensão.
Não faça de sua emoção uma lata de lixo social. Treine protegê-la nos focos de tensão, não permita que as ofensas, as perdas e as frustrações invadam sua emoção. Não se esqueça que pensar muito aumenta a ansiedade e a ansiedade crônica envelhece a emoção.
Sexto: Não seja carrasco de si mesmo.
Não coloque metas inatingíveis para si. Reconheça a sua falibilidade. Mesmo não querendo errar, você falhará muitas vezes. Falhará, talvez, até em lições que já aprendeu. Não se destrua por sentimento de culpa nem cobre dos outros, o que eles não podem dar. Comece tudo de novo quantas vezes forem necessárias. Aprenda a ser compreensivo e paciente consigo mesmo...

Mude o que deve ser mudado, torne-se o protagonista da sua história e viva ao invés de passar pelos caminhos da vida... Mutatis Mutandis.

REFERENCIAS

ARDUINI, Juvenal. Antropologia: ousar para reinventar a humanidade. São Paulo, Editora Paulus; 3º edição, 2004. Coleção estudos antropológicos), pag. 32-34.

CURY, Augusto, Treinando a emoção para ser feliz: nunca a auto estima foi tão cultivada no solo da vida. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2007, p. 31 – 39.

Para descontrair... faça o teste e descubra a sua idade emocional rsrsrsrs CLIQUE AQUI...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui suas Falas da alma. Obrigada e volte sempre.

VOLTE SEMPRE

Leve-me com vc - Presente da Majoli

Loading...