ALMAS ESPECIAIS

Cadastre-se e receba novidades por email

Ocorreu um erro neste gadget

DIVULGUEM - Associação Mineira de Hipertensão Pulmonar

27 janeiro 2010

SILÊNCIO

Por: Clecilene Carvalho
Imagem google

Meus pensamentos não conseguem
Transformar meus sentimentos em
Palavras, capazes de transcender-se
Em símbolos e comunicar-se.

Estou vazia, despida de inspiração
Olho a tela em branco e tento
Em vão dizer o que se esconde
Até mesmo de mim.

Será que a insensibilidade
De mim tomou posse
Ou ela já morava em mim,
Só agora vi que estou muda.

Fiquei sem ar, sufoca no
Meu silencio, quero gritar,
Mas as palavras em minha
Boca não exalam nenhum som.

A criatividade se foi
Não quer saber de mim,
Sinto a alma vazia e doendo
Feito amor não correspondido.

24 comentários:

  1. Eu vim aqui hoje agradecer,
    Pois ontem eu fiz 5.000 visitas em nove meses e cause 1000 comentários
    Vim agradecer seu carinho e paciência, vim agradecer seus comentários
    Agradecer sua ajuda, agradecer suas dicas, vim agradecer seus selos e mimos, e obrigada por me deixar fazer parte do seu mundo.
    Algumas pessoas podem pensar que a palavra “Amiga (o)” não deveria ser usada nos blogs já que não nos conhecemos pessoalmente, então parei e pensei o que significa essa palavra?
    “Amigo” e aquela pessoa que você conversa ,que você se preocupa e ela com você, na qual você tem um carinho especial, e que você conta com ela, e ela sabe que pode contar com você, amiga te faz rir e chora com você, amigo torce e te ajuda nas lutas, e fica feliz em saber que você esta conseguindo realizar seus sonhos.
    Então, e isso que sinto por você.
    Você realmente e um amigo querido
    Sinceramente aceitei o meu agradecimento
    Obrigada por tudo
    Lidia
    Ps- venha pegar seu selo e ver minha homenagem a voce

    ResponderExcluir
  2. Minha querida
    Lindissimo poema...triste, mas belo.

    Fiquei sem ar, sufoca no
    Meu silencio, quero gritar,
    Mas as palavras em minha
    Boca não exalam nenhum som.

    Muito bom.

    Por vezes, sentimo-nos assim.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  3. O silêncio é um amigo que nunca trai ...

    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Olá Clecilene
    Amor não correspondido é um tormento, e como fiz do Chico Buarque: há dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. É no outono que as árvores se esvaziam de sua folhas para aguentar o rigoroso inverno e então renascerem gloriosas na primavera.
    Este inverno passa.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Corcordo com o Older. Esta fase é passageira, mas tenho que admitir: que mesmo sem inspiração
    você escreve divinamente. Olha que lindo:

    Fiquei sem ar, sufoca no
    Meu silencio, quero gritar,
    Mas as palavras em minha
    Boca não exalam nenhum som.

    Cintia Sampaio

    ResponderExcluir
  7. Obrigada a todos pela visita.

    Cintia é muita bondade sua o "escreve divinamente".

    Oldei que lindo seu comentário.

    ResponderExcluir
  8. Cintia caso tenha blog deixe o endereço.

    ResponderExcluir
  9. Olá Clecilene! Estavas sem inspiração e escreveste esse lindo poema. Já pensaste do que serias capaz de criar, se estivesses totalmente acobertada por ela?

    Perdoe-me pelas baboseiras. É que estava passando, avistei teu espaço, gostei e não resisti.

    Beijos,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  10. Imagino então como você ficará com a criatividade! Seu poema está lindo e expressa bem o que sentimos quando esvaziamos.Bom sinal amiga. Voc~e está arrumando espaço para o novo.Parabéns por colocar tão bem esse sentimento,.poucas pessoas conseguem. Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  11. I love your poem, it is very creative. Does not look like you are lacking anything in that area...actually it reminds me of what must be going on inside my dad at this time.

    Yours in Health,
    Robin

    ResponderExcluir
  12. Me sinto dentro de sua poesia minha querida.

    Mas acho que assim vamos renascer.

    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  13. MUITO OBRIGADA PELA SUA VISITA.

    Cada um que passa, POR LÁ, não passa sozinho deixa um pedacinho do seu coração..
    Fico muito feliz com a sua presença. muito obrigada.
    VOCÊ, que traz flores e deixam os perfumes.
    Assim eu trago para vc, este perfume que fica no ar, é com certeza, de que a sua presença, é muito amavél no blog.
    Muito obrigada pela sua companhia.
    Não ando mais sozinha, Porque tenha a sua companhia. Minhas manhãs, tardes e noites, são muito mais alegres...
    Pois tenho VOCÊ, que caminha lado a lado. Mesmo muito distante. Mas tão perto do coração...
    Obrigada, por vc estar sempre aqui...COMIGO!
    Sandra

    ResponderExcluir
  14. VOCÊ AGORA ESTÁ PRESENTE NESTE LINDO CANTINHO.
    http://sandraandradeendy.blogspot.com/
    SE AINDA NÃO ÉS MINHA SEGUIDORA, FICA O CONVITE.
    FAÇA PARTE DESE MOMENTO LINDO.
    SANDRA

    ResponderExcluir
  15. Clecilene.....ler você é um mergulho inteiro em poesia! Adoro teu escrever!
    Mais que lindo este poema!
    Beijo com carinho
    Bea

    ResponderExcluir
  16. um artista é sempre sublime e humilde em sua criação, negando-se sempre contrói lindamente...

    bom, vim agradecer pela visita e por seguir o blog... és bem-vinda, obrigada pelo carinho.

    seu espaço é agradavel... voltarei.

    até.

    ResponderExcluir
  17. HOJE TEM LEITURA NA CURIOSA.PASSE LÁ.
    TE ESPERO.
    UM GRANDE ABRAÇO.
    SANDRA

    ResponderExcluir
  18. Olá Clecilene,
    parece que este mal (falta de inspiração) se está espalhando!

    Deixo um beijinho grande com votos de bom fim de semana,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  19. Sabe, Clecilene... não deveria ser, mas as vezes a tristeza mostra tanta beleza! É na tristeza que mostramos toda nossa verdade. É o que vejo.

    beijos, querida amiga.
    tais luso

    ResponderExcluir
  20. Amiga, um pouco triste o poema, mas muito lindo
    Parabéns!! BOM FDS......Beijos

    ResponderExcluir
  21. Clecilene...

    Na tristeza o silêncio
    Que ensina, que atravessa
    Que traduz sentimento
    Porque alma vazia
    Não escreve poesia.

    Belo poema como sempre minha amiga.
    Sentimos sua falta na Casa da Poesia, viu?

    Abraços* e esteja com Deus.

    ResponderExcluir
  22. É poetisa, vc é o maximo. Dizendo não saber o que dizer vc diz tudo que sente em uma pequena poesia. Essa maneira toda peculiar de comunicação é coisa para poucos.

    Bj

    ResponderExcluir
  23. Deixo um beijo


    COR VERDE



    Cor verde
    Verde dos pinhais
    E dos abetos
    Que alegram
    Os meus olhos...

    ----------
    Olho-os e vejo
    Os pássaros que chilreiam...
    Que voam...
    Que vivem plenamente...
    A sua liberdade...

    ----------
    E olho...
    Fecho os olhos...
    E sinto... que também eu...
    Se fosse ave...

    ----------

    Conseguia voar e ser...
    Totalmente livre...

    LILI LARANJO

    ResponderExcluir

Deixe aqui suas Falas da alma. Obrigada e volte sempre.

VOLTE SEMPRE

Leve-me com vc - Presente da Majoli

Loading...