ALMAS ESPECIAIS

Cadastre-se e receba novidades por email

Ocorreu um erro neste gadget

DIVULGUEM - Associação Mineira de Hipertensão Pulmonar

20 janeiro 2010

SOU CÉU

Por Clecilene Carvalho

Imagem google

Olhando o céu vislumbrei o mais lindo azul
E soube, naquele momento:
Mesmo que às vezes ele esteja escuro,
Ainda será o céu que guarda as estrelas, a lua e o sol.

Também sou assim, como o céu
Posso ficar triste, nebulosa...
Mas sou quem sou,
Amo e sou amada.

Às vezes aqueço feito sol,
Tem momentos que brilho
Radiante feito estrela,
Em outros ilumino como a lua cheia.

Choro, sorrio, sinto saudades
Solto raios e meus olhos fazem chover,
Cresço com a dor de amor
E aproveito as alegrias dele.

Sou maleável, mas não
Mudo minha essência.
Vivo o amor que transforma
Sem perder as formas.

9 comentários:

  1. Olá Clecilene
    Não podemos abrir mão da nossa essência por nada nem por ninguém, é ela que nos faz ímpares com nossas qualidades e defeitos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Cada um de nós tem um pouco de tudo o que está escrito aqui.
    Lindo poema, amiga.

    Fico muito feliz com a sua companhia.
    E por isso lhe dou um lindo selinho.
    Curiosa fica feliz com a sua presença.
    Deixei um carinho para vc.
    Passe lá e confira.
    Sandra

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto. E como disse Cecilia Meireles:" Não sejas o de hoje. Não suspires por ontens...
    não queiras ser o de amnhã. Faze-te sem limites no tempo. Vê a tua vida em todas as origens. Em todas as existências. Em todas as mortes. E sabes que serás assim para sempre.
    Não queiras marcar a tua passagem. Ela prossegue: É a passagem que se continua.
    É a tua eternidade. És tu".

    ResponderExcluir
  4. Que lindo doce amiga! Ainda bem que somos normais né?! Entre altos e baixos emocionais,sempre crescemos e aprendemos. Não precisamos nos diluir em um relacionamento,apenas vivê-lo de maneira especial.Não podemos perder nossa essência jamais! Somos assim,amamos assim e só nos resta amar mais e melhorar,acreditar no nosso valor,melhorar a auto estima e a segurança,isso, só aprendendo e para os normais...É assim.
    Bjs e abraços carinhosos.

    ResponderExcluir
  5. Minha amiga, sua poesia é algo de tão profundo, diz muito do que passamos e o mais importante nisso tudo é o que você diz no final, vivo o amor que transforma, sem perder as formas.
    Amar é isso, é pura entrega, seja nos momentos felizes ou tristes, contanto que o amor continue vivo dentro de nós.

    Beijos com carinho.

    ResponderExcluir
  6. Sandra obrigada pelo selo, já busquei.

    Amigos, para mim, cada comentário é uma poesia, obrigada pelo carinho!

    ResponderExcluir
  7. Amar é saborear nos braços de um ente querido a porção de céu que Deus depôs na carne ...

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Clecilene...

    Um poema que coloca em versos os desafios do coração. Prato cheio para os poetas essas nuances do amor, não é?
    Parabéns por mais esse escrito.
    A Casa da Poesia sente a sua falta minha amiga.

    Abraços*

    Renato Baptista

    ResponderExcluir
  9. Que poema lindo!!
    Repleto de nuances....de tanto sentimento que faz com que se releia cada verso...mergulhando no tanto que há de sentimento!
    Muito lindo!
    Beijo carinhoso
    Bea

    ResponderExcluir

Deixe aqui suas Falas da alma. Obrigada e volte sempre.

VOLTE SEMPRE

Leve-me com vc - Presente da Majoli

Loading...