ALMAS ESPECIAIS

Cadastre-se e receba novidades por email

Ocorreu um erro neste gadget

DIVULGUEM - Associação Mineira de Hipertensão Pulmonar

27 maio 2012

TERRA SECA... TERRA FÉRTIL

By Clecilene Carvalho

imagem google

Guardei meu amor, para quem um dia fosse merecedor,
Vivi anos e nada de encontrá-lo, ele não existe.
Apaguei todo o colorido do desenho,
Rabisquei novas imagens e nada de encontrar.
Qual o motivo de viver uma vida e não se encontrar?
Achei que fosse forte, mas nada explica a dor da alma.
Abri os olhos do coração e enxerguei com a falta de ar,
Que só quem descobre o que estava em frente... sente.
Fechei a ferida e resolvi recomeçar, olhar... Seguir em frente.
Renasci feito fênix, sou outra, sou a mesma.
Achei olhando nos meus olhos o que não se vê
Com os olhos fechados para vida... Sou gente que sente.
Descobri que quando gosto do que vejo no espelho,
Facilito que os olhos que me olhem possam ver um
Pedacinho de mim.
Redescobri o quão é belo olhar-se e gostar do que se vê.

Um comentário:

  1. Clecilene querida, quantas saudades!
    Pois é amiga, temos que nos gostar primeiramente, nos valorizarmos, para que assim possamos passar um cadinho de nós aos outros.
    É fácil? Não!
    Mas com certeza é possível, basta acreditarmos e irmos em frente.

    Beijos enormes, cheios de carinho.
    Beijos na Bebelusca.

    ResponderExcluir

Deixe aqui suas Falas da alma. Obrigada e volte sempre.

VOLTE SEMPRE

Leve-me com vc - Presente da Majoli

Loading...