ALMAS ESPECIAIS

Cadastre-se e receba novidades por email

Ocorreu um erro neste gadget

DIVULGUEM - Associação Mineira de Hipertensão Pulmonar

20 março 2010

A voz do silêncio - Clecilene Carvalho


imagem google
O fogo que fulgura a alma
A dor sentida que não se ver
O amargo que maltrata a vida
Tem coisas que precisamos esquecer.

A visão turva queimando em clarão
Sem piedade e sem perdão
Tem feitos que não são explicados,
São sentidos e machucam o coração.

A voz calada no âmago da saudade
Tenta fazer-se ouvir e no desespero
Quase em apelo...
Grita a voz sem som.

Então silenciosamente em lampejo
Ouve-se, mansamente, o desejo
Dizendo que já é tempo de esquecer
O indirigível pensamento... VOCÊ.

16 comentários:

  1. Estou com saudades de todos e assim que possível irei visitá-los. Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Minha querida
    Lindo poema, adorei ler-te outra vez.

    A voz calada no âmago da saudade
    Tenta fazer-se ouvir e no desespero
    Quase em apelo...
    Grita a voz sem som.

    Diz-me tanto.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  3. Clecilene,
    Apareça sempre, também estamos com saudades. Viva a poesia, o aprendizado, o interagir e crescer. Bom domingo! Abraço/ney.

    ResponderExcluir
  4. Olá Quase um desabado, tem hora que a melhor solução é o esquecimento.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. A voz do silêncio grita com eloquência....
    Tua poesia é envolvente em sentimento!
    Beijo carinhoso querida!
    Bea

    ResponderExcluir
  6. que lindo poema

    A voz calada no âmago da saudade
    Tenta fazer-se ouvir e no desespero
    Quase em apelo...
    Grita a voz sem som.

    um grito saido do fundo da alma.. vc tem a poesia dentro de si.. adoro te ler.. adoro quando me visitas.. lindo domingo para ti..beijão

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Primavera!
    Como vai o clima aí no Brasil?

    ResponderExcluir
  8. Oi Cle,

    Adoro o jeito que você escreve sobre as dores do coração.

    Beijos,
    Gi.

    ResponderExcluir
  9. ôh linda que coisa boa! Também gosto demais de você e nunca deixo de vir te ver,porque sinto saudades.Quando quiser mande-me um e'mail ou entre no meu msn,vamos papear. Sobre o poema me torno repetitiva em dizer que é uma poetisa e descreve sentimentos com elegãncia.Poema a gente não analisa,comenta,pois, absolutamente todos são feitos de momentos,daqui a cinco minutos pode acontecer algo extraordinário que muda tudo. Aconselhamos a nós mesmos quando os escrevemos.Nós sabemos a resposta porque a alma nos diz.
    Lembro-me uma vez em uma terapia de grupo num posto de saúde uma mulher disse:Meu marido dá em cima das alunas, ele é grosso comigo, me despreza,sofro demais com ele,cada dia me deixa mais insegura e eu faço de tudo pra ele me notar,trato bem, cuido, me insinuo e ele nem vê,me trata tão mal,mas,eu o amo!
    Então a psicóloga perguntou:Se ele é tudo isso pra você,ama o quê?
    Amiga, sai de lá trincada! Essa pergunta nunca mais me abandonou. Me separei. Montão de bjs e abraços

    ResponderExcluir
  10. Lindíssimo,o seu espaço é fantástico.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Oi Clecilene! Passando para te desejar uma ótima semana e dizer que adorei o poema. Muito profundo.

    Beijos e fiques com DEUS.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  12. Oi querida!
    É muito difícil esquecer uma situação ou alguém, principalmente se fomos muito magoados. O sentimento volta e volta, martelando e doendo. É preciso colocar uma coisa boa no lugar da ruim, desviar o pensamento. E tem muita coisa boa ao nosso redor, ô se tem!
    Sabe que pra mim também parece que te conheço na vida real? Incrível como este mundo virtual aproxima as pessoas que se querem bem. E eu te quero muito bem amiga!
    E a monografia como tá indo?
    Bjussss

    ResponderExcluir
  13. "Um poeta é sempre irmão do vento e da água:
    deixa seu ritmo por onde passa."

    (Cecilia Meireles)


    Beijos e Poesia! M@ria

    ResponderExcluir
  14. Quero agradecer,pelo imenso carinho. Estou muito feliz que veio e conferir a minha postagem.
    Com certeza a amizade vale muito nesta hora. Sou teimosa e persistente. Não desisto. Mesmo sabendo que não fois possivel e contribui com o meu padacinho. Agradeço de coração a sua visita.
    Tenho certeza, que tantas outras estaremos juntos. As vezes a internet, nos prega essas peças.
    Inclusive os raios de final de semana. Até sem interne fiquei. E agora venho agradecer a sua visita e carinho na interação de amigos.
    Muito obrigada..
    Fiquei muito feliz.
    Amizade é isso..Compartilhar sem medo de errar..
    Simplesmente desafiar e tentar.
    Carinhosamente,
    Sandra

    ResponderExcluir
  15. Minha querida, vim para lhe contar uma novidade . Estou com um novo Blog que me foi cedido, e eu elaborei uma espécie de indicação das melhores postagens . Para que isso seja feito, estou pedindo sua autorização da publicação de um de seus posts , com devidos créditos. , Ficou muito feliz, se aceitar. Caso a resposta seja sim estarei visitando seu blog.quando for postada te avisarei , no final de cada mês haverá uma enquête no qual você também será avisada para que convite seus amigos a voltar
    Voce também pode estar indicando uma postagem sua a que mais gostar ou de uma amiga(o)
    Aguardo resposta...
    O blog é esse http://simplythebest01.blogspot.com/...
    Se interessar, por gentileza, responda-me através desse email: lidia_bferreira@terra.com.br
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Não me conformo de não ter vindo antes pra te ler, mas o importante é que agora estou aqui e com muitas saudades de voc~e minha querida e doce amiga.

    "A Voz do Silêncio" é algo de tão lindo, fiquei encantada...mas é tão triste, e me vejo em cada palavra.

    Saudades imensas de você minha amiga.
    Beijos com muito carinho.

    ResponderExcluir

Deixe aqui suas Falas da alma. Obrigada e volte sempre.

VOLTE SEMPRE

Leve-me com vc - Presente da Majoli

Loading...