ALMAS ESPECIAIS

Cadastre-se e receba novidades por email

Ocorreu um erro neste gadget

DIVULGUEM - Associação Mineira de Hipertensão Pulmonar

09 novembro 2014

Quando é hora de morrer?

By Clecilene Carvalho

imagem google

Seria quando os sonhos acabam?
Quando o sentido de tudo não existe mais...
Porque o tudo já não há?

A morte dá sentido à vida?
Ou a vida dá sentido à morte?
Jogo de pura sorte... Simplesmente viver;

Um dia a gente acorda e descobri que ainda dorme;
Um vazio invade o ser e a pele que nos cobre.
A imagem desaparece... Ficamos invisíveis.

A força da forca nos impele a demência;
Um querer descompensado de abandono de si;
Talvez, então, por hoje não tenho vontade de ser fênix.

2 comentários:

  1. Uma tremeda dúvida sobre a morte...
    Ninguém terá a resposta certa.
    Desejo que a amiga esteja bem.
    Bj.
    Irene Alves

    ResponderExcluir
  2. Falar de morte sempre causa uma inquietação, visto que seja imprevisível.
    Morre todo dia, todas vezes que renunciamos a um sonho.
    Morre se a todo instante em que sentimos uma impotência para mudar a situação da violência, da intolerância, do desamor.
    Ah bom mesmo é viver nesta incerteza e viver um dia por vez.
    Abraços amiga e que a morte nos demore a chegar, pois a poesia pede para ficar.
    Beijo

    ResponderExcluir

Deixe aqui suas Falas da alma. Obrigada e volte sempre.

VOLTE SEMPRE

Leve-me com vc - Presente da Majoli

Loading...