ALMAS ESPECIAIS

Cadastre-se e receba novidades por email

Ocorreu um erro neste gadget

DIVULGUEM - Associação Mineira de Hipertensão Pulmonar

29 outubro 2013

O canto da sereia!

By Clecilene Carvalho

Quando seu olhar encontrou o meu... Perdi-me;
Agora busco minha alma em cada palavra tua;
Quanto mais ouço sua voz, mais me perco.

Desconheço o teu feitiço, mas enfeitiçada estou;
Por um momento sinto meu coração parar;
Falta ar nos meus pulmões... Embriago-me de você.

Quero sentir sua voz...  O pulsar do seu coração...
Temo pela coragem que você provoca em mim;
Meus dias ganharam cor... Sabor... Desejos.

Por que ficou tanto tempo longe de mim?
Só agora descobri que nem tudo é inverno;
Meus olhos ganharam o brilho do sol de verão.


Um comentário:

  1. Olá Clecilene! Passando para te cumprimentar e apreciar este belo poema, fruto das tuas acertadas escolhas.

    Beijos,

    Furtado.

    ResponderExcluir

Deixe aqui suas Falas da alma. Obrigada e volte sempre.

VOLTE SEMPRE

Leve-me com vc - Presente da Majoli

Loading...