ALMAS ESPECIAIS

Cadastre-se e receba novidades por email

Ocorreu um erro neste gadget

DIVULGUEM - Associação Mineira de Hipertensão Pulmonar

12 março 2012

O PRIMEIRO PASSO - Clecilene Carvalho

imagem google

Qual o seu tipo de amor?

Já parou para pensar, realmente, o porquê de amarmos esta e não aquela pessoa? Primeiramente escolhemos por atração, mas um relacionamento não sobrevive apenas dela. Precisamos, ao longo do tempo, construir um sentimento sólido... O tal amor. Ele acontece com o tempo e parte principalmente da admiração e do respeito que temos um pelo outro. Com o tempo descobrimos que não amamos um rosto bonito ou um corpo sarado... Amamos uma pessoa que até poderíamos chamar de “pessoa interior”. Amamos o que o outro representa para nós, amamos a companhia, a fala, a compreensão, o dialogo... Isso mesmo, precisamos de alguém, para uma vida toda, que goste de dialogar. Com o passar do tempo certas coisas que pareciam importantes, no inicio, ficam sem sentido. A receita, certa, do relacionamento perfeito é difícil, acho que ninguém sabe, caso contrário o divorcio não existiria... rsrsrsr

Tudo começa como um jardim belo e perfumado, daqueles cheios de orquídeas raras, porém desconhecido. E ai é que mora o perigo, pois quase sempre só conhecemos todas as flores ou espinhos, depois de certo tempo. O que fará a diferença é a forma como iremos lidar com as diferenças. O fato é que a paciência é uma árvore de frutos doces, mas de sementes amargas e de difícil manejo. 

Um dia aquela pessoa parece outra, você tenta conversar e nada, parece que você não existe e ai começam as indagações: O que fiz de errado? Onde foi que eu errei?

É difícil obter a resposta, muitas vezes é bem dolorido buscá-la. Até que você percebe que, nestes casos, ninguém erra ou faz ou deixa de fazer alguma coisa sozinha. A solução é bem mais difícil do que se pode imaginar, mas como costumam dizer: na vida existem dois tipos de problema – os que existem solução e os que não existem e assim sendo já estão solucionados. O problema é o primeiro passo e quem dará este. Bom seria ambos dar um passo em direção ao outro.

2 comentários:

  1. Já deve existir uma aplicação no celular que descubra o amor, é só digitar na tecla :)))))) boa semana

    ResponderExcluir
  2. Clecilene, boa noite!
    Quando o amor existe realmente, já se aceitaram todas as diferenças. Não podemos dizer que amamos alguém quando na verdade não a conhecemos bem, ou não aceitamos inteiramente como é. Amor, é dar sem esperar nada em troca, é fazer cedências voluntariamente, é amar pura e simplesmente.

    Páscoa Feliz e um beijinho.
    Ana Martins

    ResponderExcluir

Deixe aqui suas Falas da alma. Obrigada e volte sempre.

VOLTE SEMPRE

Leve-me com vc - Presente da Majoli

Loading...