ALMAS ESPECIAIS

Cadastre-se e receba novidades por email

Ocorreu um erro neste gadget

DIVULGUEM - Associação Mineira de Hipertensão Pulmonar

15 novembro 2009

METAMORFOSE

Clecilene Carvalho
Busco a vida desesperadamente;
Me transformo;
Posso ser uma a cada dia, sem deixar de ser quem sou;
Sinto o cheiro das flores, mas não esqueço que as roseiras tem espinhos.
Sou humana e sendo assim sou sentimento;
Fico brava, triste, feliz;
Sinto raiva, pena, dor, amor;
Vivo os momentos, sou o momento e também tenho espinhos;
Sou poema.
Sou sexo frágil, dotada de uma fortaleza incomparável;
Sou luta, tenho fardos;
Sou doce e amargo;
Sou vida.
Busco, acho, mudo e fico muda;
Posso ser fria, quente;
Sou Marias;
Sou metamorfose.

10 comentários:

  1. Me emocionei amiga! Somos exatamente isso que descreveu.Somos Marias, tantas deusas,somos ums cidade feminina num pais masculino. Somos o que precisamos,depende o momento. Belíssimo poema. Parabéns! Vim agradecer a visita tão carinhosa e as palavras gentis. Sua mãe está certa, nem escrevi nada assim,pois, não encontrei palavras. Só sei que estou em estado de graça,como Maria. bjão

    ResponderExcluir
  2. Olha, gostaria muito que tivesse aqui o selinho"amigos da coruja" ele voa pelos blogs amigos. Não tem regras e é o único que tenho. Fique a vontade pra recusar. Entendo perfeitamente tá. bjs e seu blog é lindo

    ResponderExcluir
  3. Que lindo florzinha, amei...sua cara o poema! Que Deus possa te abençoar sempre! Realizando todos os seus sonhos! Te adoro de mais minha amiga!

    ResponderExcluir
  4. Apareceu né! Obrigada florzuca!
    Como sei que gosta de poemas entra no blog Nas Asas da Coruja, basta clicar no selo que a Elaine me enviou.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Amiga, vc vive me surpreendendo, além das mil e uma coisas que vc sabe fazer ainda é Poetisa!!! Que orgulho!!! Vc é realmente d+!!! Parabéns lindo poema, consegui me ver nele, assim como todas as mulheres que o lerem conseguirão. Bjs
    Eliane Andrioni

    ResponderExcluir
  6. Oi, amiga, isso é ser mulher! Amorosas, afetivas, inconstantes, carentes, queixosas...enfim uma inconstância que só nós sabemos o que é. E por isso somos deliciosamente surpreendentes. Há em nós uma mulher para cada dia da semana: não existe monotonia!

    Beijos e meu carinho
    Tais luso

    ResponderExcluir
  7. nossa amei o poema muito bem pensado
    e elaborado

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pela visita Clicilene, gostei do nome. rsrsrs

    ResponderExcluir

Deixe aqui suas Falas da alma. Obrigada e volte sempre.

VOLTE SEMPRE

Leve-me com vc - Presente da Majoli

Loading...